Espaço Cuidar

Clínica de Psicologia Existencial
caminho_4

A Psicoterapia é um processo de atendimento psicológico realizado por um profissional formado em Psicologia. Esse processo consiste na busca de uma compreensão mais ampla a partir da queixa trazida pelo cliente.

Juntos, psicoterapeuta e cliente, irão buscar essa compreensão para que as dificuldades possam ser superadas a partir de novas escolhas que o cliente efetive em seu dia-a-dia.

Nesse sentido, a pessoa que procura uma Psicoterapia Fenomenológico-Existencial assume uma postura ativa dentro do atendimento, apropriando-se de sua vida de forma mais responsável, encontrando maneiras mais saudáveis de relacionamento consigo e com o mundo, descobrindo seu potencial e aprendendo a cuidar de forma criativa de sua existência.

Leituras indicadas:
Na presença do sentido: uma aproximação fenomenológica a questões existenciais básicas
Augusto Pompeia & Bilê Tatit Sapienza

Do desabrigo à confiança: Daseinsanalyse e terapia
Bilê Tatit Sapienza

Psicoterapia Existencial
Irvin Yalom




Dissemine conhecimento! Compartilhe:
Indique! Envie esse conteúdo por e-mail para um amigo! Indique! Envie esse conteúdo por e-mail para um amigo!

54 Comentários para “O que é Psicoterapia Fenomenológico-Existencial?”

  1. Ola ! sou recém formada e me interesso muito pela linha teórica fenomenológica existencial queria saber como posso adiquerir mais conhecimento nestas abordagens e saber se ela pode ser trabalhada na ária hospitalar? desde já sou grata pela informação que puder me dar.

    vitalina

  2. Boa noite, Vitalina!
    Para aprofundar seus conhecimentos, busque cursos de pós-graduação, grupos de estudos, supervisão, e até cursos de extensão. A abordagem fenomenológica pode ser utilizada na área hospitalar sim. Inclusive, um dos meus primeiros contatos com ela foi justamente quando eu fazia um curso de aperfeiçoamento em Psicologia Hospitalar.

    Boa sorte!

    Anna Paula Rodrigues Mariano, Psicóloga e Psicoterapeuta Existencial

  3. Olá Anna Paula! Tudo bem?

    Sou estudante de Psicologia, vou iniciar o sétimo ano, desta forma, ainda não tive a disciplina de Fenomenologia-Existencial.
    Mas, de um tempo pra cá, venho me familiarizando com essa teoria, porém, gosto muito também da Psicologia Social.

    Seria possível trabalhar essa corrente (Feno), no âmbito Social? Em comunidades, grupos, ong’s etc?

    Dayane de Sousa

  4. Boa noite, Dayane!
    Sim, com certeza é possível trabalhar a Fenomenologia Existencial no âmbito social. Há muitos trabalhos interessantes nesse contexto, como por exemplo, o do psicólogo André Torres.

    Anna Paula Rodrigues Mariano, Psicóloga e Psicoterapeuta Existencial

Gostou desse Conteúdo? Comente!